Procure no Apolo11
Sexta-feira, 24 jul 2020 - 08h56
Por Rogério Leite

Cometa F3 NEOWISE: Veja-o se for capaz!

Se você ficou maravilhado ao ver as belas imagens que estão rodando o mundo e que mostram o cometa C/2020 F3 NEOWISE nos céus do hemisfério norte, ficará também com as cenas que já estão sendo clicadas aqui, abaixo do Equador. Mas será que você também consegue olhar para o céu e ver este viajante sideral?

Cometa C/2020 Neowise ergistrado sobre o castelo de Neuschwanstein, nos Alpes da Bavária. Crédito: Stephane Guisard - Los Cielos de America / NASA/APOD
Cometa C/2020 Neowise ergistrado sobre o castelo de Neuschwanstein, nos Alpes da Bavária. Crédito: Stephane Guisard - Los Cielos de America / NASA/APOD

Até recentemente, o cometa C/2020 F3 NEOWISWE era um objeto pertencente ao hemisfério norte, mas agora já pode ser encontrado nas localidades de latitude negativa, como é o caso do Brasil. Só que encontrar (e observar) o cometa a olho nu não é uma tarefa fácil, como veremos abaixo.


Sobre C/2020 F3
C/2020 F3 NEOWISE é um cometa retrógrado, com período orbital de 6800 anos. Foi descoberto em 27 de março de 2020 pela telescópio espacial estadunidense WISE, da NASA, em sua segunda fase da missão, chamada NEO, dedicada ao estudo em infravermelho de corpos menores no Sistema Solar.

Continua após a publicidade


Em julho de 2020, o cometa atingiu magnitude suficiente para ser observável a olho nu sob céu escuro e foi considerado um dos cometas mais brilhantes do hemisfério norte desde o cometa Hale-Bopp, em 1997.

Em 3 de julho de 2020, o cometa atingiu o periélio (ponto mais próximo do Sol) chegando a apenas 43 milhões de quilômetros da estrela. Essa aproximação aumentou o período orbital do cometa, inicialmente calculado em 4500 anos para cerca de 6800 anos. Em 23 de julho, atingiu o ponto mais próximo da Terra, a 103 milhões de quilômetros de distância.

Após a passagem pelo periélio, C/2020 F3 NEOWISE deixou de ser um cometa reservado ao hemisfério norte e passou a ser visto mais facilmente no hemisfério Sul antes do pôr do Sol, mas com magnitude maior (menos brilhante).

Estima-se que o núcleo de C/2020 F3 NEOWISE tenha aproximadamente 5 km de diâmetro.

Imagem do cometa C/2020 F3 NEOWISE, clicado em Caucaia, Ceará, em 21/07/2020.<BR>A foto é de Daiane Fabrício. Os dados do registro estão na foto. Crédito: Daiane Fabrício.
Imagem do cometa C/2020 F3 NEOWISE, clicado em Caucaia, Ceará, em 21/07/2020.
A foto é de Daiane Fabrício. Os dados do registro estão na foto. Crédito: Daiane Fabrício.


Como ver o cometa F3 NEOWISE?
Se você está chegando agora ao mundo das observações astronômicas, não tem a vista treinada e não tem muita ideia de como localizar os objetos no céu, a notícia não é das melhores. Embora C/2020 F3 NEOWISE seja atualmente um cometa visível no hemisfério Sul, isso não significa que basta olhar para o céu para acha-lo.

Carta Celeste mostra a posição do cometa C/2020 Neowise sobre o sudeste do Brasil entre 24 e 29 de julho de 2020.
Carta Celeste mostra a posição do cometa C/2020 Neowise sobre o sudeste do Brasil entre 24 e 29 de julho de 2020.

O motivo é que C/2020 F3 NEOWISE ainda está muito perto do horizonte e só pode ser visto logo após o pôr do Sol. Isso significa que a claridade ainda presente vai ofuscar bastante o brilho do cometa, cuja magnitude atual é de 4.2, semelhante à das estrelas de brilho médio. Além disso, a presença de prédios e camadas de poluição prejudicam ainda mais a observação nos centros urbanos.


Binóculo
Para ver o cometa você precisará ir a um local alto, livre de obstáculos e de onde se possa enxergar o horizonte noroeste, à direita de onde o Sol se põe, de preferência livre de poluição.

Se você não tem prática de observações celeste, a melhor forma de ver o cometa será através de um binóculo, de boa qualidade. Se tiver prática de observação, um binóculo também ajudará bastante.


Onde está Wally?
Para saber a posição do cometa C/2020 F3 NEOWISE, oriente-se pela carta celeste. Ela mostra a posição do Neowise instantes após o pôr do Sol. O Cometa estará à direita desta posição. À medida que os dias passam, o cometa estará mais alto, portanto mais fácil de ser encontrado, mas em compensação estará menos brilhante.


Como fotografar o cometa?
Através do registro fotográfico é bem mais fácil de ver o cometa, diferentemente da observação a olho nu. No entanto, sua máquina fotográfica ou celular precisará ter ajustes manuais de exposição, ISO e velocidade de obturador. Além disso, ela deverá estar fixa sobre um tripé.

Existem muitas combinações possíveis de ajustes para se obter uma boa foto. Os parâmetros básicos são:

Velocidade: 15 segundos.
ISO: 800 a 1600
Abertura: Máxima.

Aponte a máquina na direção em que você acha que o cometa está e clique. Faça diversas fotos até encontrar o cometa.

Bons céus!

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Se só por piedade se dessem esmolas, os mendigos estariam mortos de fome" - Nietzsche -