Procure no Apolo11
Quarta-feira, 28 fev 2024 - 10h18
Por Rogério Leite

Corrida Maluca: Tudo acontece na Lua!

A concorrida e difícil nova corrida espacial ganha a cada dia ares mais interessantes. Tudo parece acontecer com as naves que estão em solo lunar. A sonda estadunidense Odysseus teve a missão cancelada logo após o pouso, enquanto a nave japonesa Moon Sniper voltou à vida e começou a enviar imagens do local de pouso sem que ninguém houvesse ordenado.

Foto feita pela sonda japonesa SLIM, ou Smart Lander, mostra a paisagem lunar ligeiramente inclinada, devido à posição em que se encontra o veículo. Crédito: JAXA.
Foto feita pela sonda japonesa SLIM, ou Smart Lander, mostra a paisagem lunar ligeiramente inclinada, devido à posição em que se encontra o veículo. Crédito: JAXA.


Odysseus
A missão lunar Odysseus, da empresa Intuitive Machines, foi a primeira a chamar a atenção. De acordo com os dados de telemetria, o módulo havia pousado "perfeitamente" na lua em 22 de fevereiro. No entanto, cerca de quatro horas depois do feito, o centro de controle da missão emitiu uma nova nota, dessa vez afirmando que na realidade a sonda havia tombado em solo lunar.

O problema maior é que do jeito que a sonda tombou, não havia condições de os painéis solares receberem luz, o que segundo os engenheiros da missão significa o fim das atividades por falta de energia.

Continua após a publicidade



Ainda não há uma conclusão definitiva para afirmar o que deu errado no pouso da Odysseus, mas um comunicado da empresa deu conta de que as travas que mantêm presos os lasers de guiagem ainda estavam ativadas, o que significa que a nave não foi guiada por eles durante o pouso. Isso parece concordar com os dados de telemetria enviados durante o pouso, que apontavam para medições fora dos padrões nos instantes finais da aproximação.

Tanto a NASA como a Intuitive Machines afirmaram que um novo comunicado deve ser emitido na quarta-feira, 28 de fevereiro.

Sonda Japonesa
Diferentemente da sonda americana, o módulo lunar japonês SLIM, ou Smart Lander, apresentou um comportamento inesperado nesta semana.

O veículo robótico pousou na Lua em 19 de janeiro de 2024 e durante a descida também experimentou uma anomalia e praticamente caiu de nariz, desorientando os painéis solares. Devido à falta de energia, o SLIM poupou as baterias, operando de forma a economizar o máximo possível. Em 31 de janeiro, nave entrou em hibernação automática.

Entretanto, o valente robô lunar não dormiu profundamente como era esperado e simplesmente despertou de forma totalmente inesperada, enviando imagens da superfície lunar.

No fim de semana, a equipe de controle da missão enviou um comando ao módulo e recebeu a confirmação que todos os sistemas estavam funcionando perfeitamente bem está agora em condições plenas de continuar a missão.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Quando você pára um ditador há sempre riscos. Mas o maior risco é não parar um ditador" - Margareth Thatcher -