Procure no Apolo11
Segunda-feira, 6 dez 2021 - 10h08
Por Rogério Leite

Falsos fósseis marcianos podem confundir a busca por vida extraterrestre

Marte é o planeta que mais recebe visitas de robôs exploradores, sempre com o objetivo de detectar traços de algum tipo de vida microbiana que possa ter habitado o local há milhões de anos. O problema é que muitas formações químicas e não biológicas podem enganar os computadores e pesquisadores, invalidando demoradas buscas por vida fora da Terra.

Biomorfo de carbono-enxofre criado em laboratório. Esse é um possível exemplo de falso fóssil que pode ser encontrado por algum rover em Marte. Crédito: Julie Cosmidis,<BR>
Biomorfo de carbono-enxofre criado em laboratório. Esse é um possível exemplo de falso fóssil que pode ser encontrado por algum rover em Marte. Crédito: Julie Cosmidis,

Em artigo publicado no Journal of the Geological Society, em 17 de novembro de 2021, pesquisadores do Reino Unido alertam que falsos fósseis podem complicar as pesquisas por busca microbiana no Planeta Vermelho e afirmam que diversas amostras validadas para pesquisa podem ser na realidade depósitos não biológicos encontradas em rochas que se parecem muito com fósseis de criaturas microbianas.

O problema, dizem os pesquisadores, é que muitas dessas formações químicas e não biológicas podem imitar muito as formas biológicas e algumas podem até mesmo se parecer com células e blocos de construção da vida.

Continua após a publicidade



De acordo com Julie Cosmidis, geobióloga da Universidade de Oxford, na Inglaterra, há uma chance real de que futuramente observemos algo em Marte que se pareça realmente biológico, mas depois de vários anos de pesquisa venhamos a descobrir que essa formação foi na verdade criada por processos não biológicos.


Falsos Positivos
"No passado já fomos enganados por processos de imitação de vida. Em muitas ocasiões, objetos que se pareciam com micróbios fósseis foram observados em rochas antigas da Terra e até mesmo em meteoritos vindos de Marte, mas após um exame mais detalhado, descobrimos que tinham origens não biológicas", disse Cosmidis.

Segundo Sean McMahon, coautor do trabalho ligado à Universidade de Edinburgo, na Escócia, Marte é um local repleto de falsos positivos para vida biológica e isso pode ser frustrante para as pesquisas em andamento.

"Em algum estágio da exploração, um rover em Marte quase certamente encontrará algo que se parece muito com um fóssil. Assim, será de vital importância distinguir com segurança as estruturas e substâncias produzidas por reações químicas. Para cada tipo de fóssil lá fora, há pelo menos um processo não biológico que cria coisas muito semelhantes, então há uma necessidade real de melhorar nossa compreensão de como essas coisas se formam", disse McMahon.

Estrutura encontrada no meteorito Allan Hills 84001, em 1996. Essaa feição se assemelha a bactérias fossilizadas semelhantes a vermes. Até hoje, o debate sobre sua origem continua, mas a maioria dos cientistas agora concorda que se trata de um tipo de falso fóssil. Crédito: Vanderbilt University. <BR>
Estrutura encontrada no meteorito Allan Hills 84001, em 1996. Essaa feição se assemelha a bactérias fossilizadas semelhantes a vermes. Até hoje, o debate sobre sua origem continua, mas a maioria dos cientistas agora concorda que se trata de um tipo de falso fóssil. Crédito: Vanderbilt University.


Muitas Dúvidas
No entender do pesquisador, a variedade de estruturas, materiais e composições químicas que podem ser produzidas de forma não biológica se sobrepõe bastante a variedade de coisas que podem ser produzidas biologicamente. Alguns fenômenos têm sido debatidos há décadas, e ainda não temos certeza se eles são biológicos ou não.

Para Cosmidis, o problema é que essas bioassinaturas falsas costumam ser refutadas somente após uma análise mais aprofundada e que pode demorar anos, usando diferentes técnicas. Entretanto, no ambiente marciano o tempo de pesquisa é muito reduzido e não teremos essa opção até anos depois que as amostras forem coletadas.


Falsos Fósseis
Um possível falso fóssil é um biomorfo (adaptação evolutiva) de carbono-enxofre. Essas minúsculas esferas são semelhantes em tamanho às bactérias e podem se formar espontaneamente a partir de reações químicas entre o carbono e o sulfeto.

De acordo com a Cosmidis, se um dia encontrarmos filamentos orgânicos microscópicos e esferas em rochas marcianas, será muito tentador interpretá-los como bactérias fósseis, mas eles poderiam muito bem ser biomorfos de carbono-enxofre.

Existem também pseudo-microbialitos (depósitos organo-sedimentares que se desenvolvem sobre um substrato geológico), que imitam as estruturas físicas criadas por micróbios, como os estromatólitos. Na Terra, os estromatólitos são criados por organismos fotossintéticos, como algas, e formam cúpulas, cones e colunas. No entanto, os pseudo-microbialitos também se assemelham a essas estruturas. Dessa forma, uma análise detalhada seria necessária para determinar a verdadeira origem de tais formações em Marte.


O artigo assinado por Cosmidis e McMahon é um alerta para a elaboração de análises mais detalhadas das estruturas validadas, o que deve contribuir não só com melhoria pelas buscas por vida marciana, mas também para impedir falsos anúncios de descobertas fantásticas, como o caso do falso micróbio vindo do Planeta Vermelho, em 1996.


Allan Hills 84001
Provavelmente, o exemplo mais famoso de uma falsa declaração bombástica ocorreu em 1996, quando cientistas disseram ter descoberto evidências de vida microbiana antiga em um meteorito marciano chamado Allan Hills 84001. Na ocasião, o anúncio da descoberta havia sido feito pelo presidente Bill Clinton.

Décadas depois, os resultados da descoberta ainda são debatidos, embora o consenso científico seja que o objeto fossilizado foi criado por processos não biológicos.

Em 2019, os cientistas anunciaram que supostos fósseis marcianos também foram descobertos no meteorito ALH-77005. Na verdade, esses fósseis eram materiais orgânicos mineralizados, semelhantes a filamentos.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Se só por piedade se dessem esmolas, os mendigos estariam mortos de fome" - Nietzsche -