Procure no Apolo11
Terça-feira, 3 nov 2020 - 09h08
Por Rogério Leite

Pela primeira vez sprites são detectados na atmosfera de Júpiter

Utilizando dados registrados pela espaçonave Juno, da Nasa, pesquisadores estadunidenses identificaram um poderoso flash similar aos que ocorrem raramente na Terra. Essa é a primeira vez que um evento desse tipo é observado em outro planeta.

Concepção artística mostra como um sprite apareceria aos nossos olhos, visto de Júpiter. Na Terra, um sprite tem a coloração avermelhada devido à grande quantidade de nitrogênio na alta atmosfera, mas em júpiter a cor azul dominaria a cena, devido à alta concentração de hidrogênio. Crédito: NASA/JPL-Caltech/SwRI.<BR>
Concepção artística mostra como um sprite apareceria aos nossos olhos, visto de Júpiter. Na Terra, um sprite tem a coloração avermelhada devido à grande quantidade de nitrogênio na alta atmosfera, mas em júpiter a cor azul dominaria a cena, devido à alta concentração de hidrogênio. Crédito: NASA/JPL-Caltech/SwRI.

Aqui na Terra esses flashes brilhantes são causados por tempestades elétricas que criam gavinhas vermelhas chamadas sprites.


Havia suspeita entre os pesquisadores que esses TLEs ou eventos luminosos transitórios, poderiam também ocorrer em Júpiter, uma vez que lá também há tempestades elétricas, no entanto, esses eventos nunca haviam sido detectadas antes.

Continua após a publicidade


Os raro relâmpago foi detectado quando os cientistas observavam auroras jovianas através do instrumento UVS (espectrógrafo ultravioleta), a bordo da sonda interplanetária Juno. Segundo os especialistas, o evento foi registrado em uma faixa bastante estreita de emissão ultravioleta e teve duração extremamente rápida.

As faixas azul e branco perto do polo sul são registros da aurora austral de Júpiter, enquanto o círculo amarelo é a possível detecção do sprite, afastado da região da aurora. Crédito: NASA/JPL-Caltech/SwRI<BR>
As faixas azul e branco perto do polo sul são registros da aurora austral de Júpiter, enquanto o círculo amarelo é a possível detecção do sprite, afastado da região da aurora. Crédito: NASA/JPL-Caltech/SwRI

"O instrumento UVS foi projetado para caracterizar as auroras nos polos de Júpiter, mas descobrimos alguns frames que não só mostravam a aurora jupteriana, mas também um flash brilhante de luz ultravioleta no local onde não deveria estar", disse Rohini Giles, principal autora do artigo publicado no Journal of Geophysical Research: Planets.

"A princípio ficamos bastante desconfiados, mas quanto mais nossa equipe examinou os dados, mais certeza tivemos da detecção de um TLE em Júpiter", explicou a cientista.

Sprites na Terra
Para quem não sabe, os sprites são descargas elétricas que ocorrem na alta atmosfera da Terra e estão associados a tempestades, mas não nascem nos mesmo tipos de nuvens que formam as chuvas. Na realidade, eles ocorrem na chamada mesosfera, a terceira camada da atmosfera localizada diretamente acima da estratosfera e abaixo da termosfera, a cerca de 80 km de altitude.


Relâmpagos em Júpiter
Pesquisando dados dos últimos quatro anos da missão Juno, a equipe de cientistas encontrou 11 eventos brilhantes que eles suspeitam serem TLEs, uma vez que foram observados em uma região de Júpiter conhecida por formar trovões e relâmpagos com duração de alguns milissegundos.

Eles descartaram a possibilidade de que esses eventos fossem apenas uma tempestade de relâmpagos porque foram encontrados 300 quilômetros acima das nuvens de água onde os relâmpagos de Júpiter geralmente se formam. Além disso, o instrumento UVS também detectou altas emissões de hidrogênio nos flashes brilhantes.

"Na Terra, esses sprites aparecem na cor avermelhada devido à sua interação com o nitrogênio na alta atmosfera, mas em Júpiter a atmosfera superior consiste principalmente de hidrogênio, então eles provavelmente devem ser azul ou rosa", explicou disse Giles.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2024

"Se só por piedade se dessem esmolas, os mendigos estariam mortos de fome" - Nietzsche -