Procure no Apolo11
Quarta-feira, 15 jun 2022 - 09h38
Por Rogério Leite

Radiotelescópio chinês pode ter registrado sinais de atividade extraterrestre

Meios de comunicação chineses, entre eles a estatal Global Times e o periódico Science and Technology Daily, relataram recentemente que o Grupo de Pesquisa de Civilização Extraterrestres, ligado à Universidade Normal, de Pequim, detectou sinais periódicos que podem ter origem artificial. Mas faltam evidências.

Os sinais foram detectados usando o maior radiotelescópio do mundo, o FAST, uma gigantesca antena receptora de 500 metros de diâmetro situada na província de Guizhou, na China. <BR>
Os sinais foram detectados usando o maior radiotelescópio do mundo, o FAST, uma gigantesca antena receptora de 500 metros de diâmetro situada na província de Guizhou, na China.

Os sinais foram detectados usando o maior radiotelescópio do mundo, o FAST, uma gigantesca antena receptora de 500 metros de diâmetro situada na província de Guizhou.

De acordo com as notas, os sinais foram registrados pela primeira vez em 2019, mas só foram revelados agora, após serem processados em 2020. A detecção do sinal foi seguida de outra emissão vinda de um exoplaneta que estava sendo estudado.


O FAST é atualmente o radiotelescópio mais sensível do mundo e foi desenvolvidos para vasculhar com extrema sensibilidade as profundezas do Universo. Além do estudo da astronomia, o FAST possui equipamentos projetados para procurar sinais extraterrestres e iniciou a busca oficialmente em 2020. O objetivo é filtrar sinais candidatos que sejam úteis, isolando-os dentro de uma vasta gama de sinais eletromagnéticos interferentes, entre eles emissões celestes e aqueles feitos pelo homem .

Embora seja um equipamento altamente eficaz na busca por sinais artificiais, os próprios pesquisadores ligados ao FAST são os primeiros a baixar o tom, alegando que há uma grande chance de que o que os sinais possam ser interferência de ondas de rádio geradas na Terra, embora o equipamento tenha capacidade de isolar sinais conhecidos.


Alegações extraordinárias
De acordo com Zhang Tongjie, cientista-chefe do Grupo de Pesquisa de Civilização Extraterrestre, o sinal suspeito pode ser algum tipo de interferência de rádio e isso precisa ser confirmado ou descartado.

"Não podemos afirmar que se trata de um sinal artificial vindo do espaço. Estamos trabalhando muito na análise desse sinal e afirmar algo concreto neste momento é pura especulação. Este pode ser um processo longo”, disse o professor Tongjie.

Ainda segundo o cientista, a observação será repetida diversas vezes ainda esse ano e se estes sinais suspeitos foram novamente detectados poderão ajudar a entender melhor do se trata. "Esperamos com sinceridade que o FAST (ou China Sky Eye) seja o primeiro instrumento a descobrir e confirmar a existência de civilizações extraterrestres".


Carl Sagan
A confirmação de sinais extraterrestres precisa ser feita sem paixão, com muita análise e paciência.
Afinal, como popularizou Carl Sagan, alegações extraordinárias exigem evidências extraordinárias.

LEIA MAIS NOTÍCIAS
Base de Dados Completa

Se você precisa de uma base de dados de latitude e Longitude das cidades brasileiras, clique aqui.
Podemos fornecer uma base completa, com mais de 5500 cidades em formato Excel.
Ideal para Projetos, Desenvolvimentos e construção de aplicativos.




Termo de Uso  |   Links Úteis  |   Imprensa  |  Anuncie  |  Fale Conosco  |  Versão Celular  |   Política de Privacidade

Apolo11.com - Todos os direitos reservados - 2000 - 2022

"Não é por termos vivido um certo número de anos que envelhecemos. Envelhecemos porque abandonamos o nosso ideal" - General Mac Arthur -